Mercado nacional representou 67,7% das dormidas em agosto no Algarve

Mercado nacional representou 67,7% das dormidas em agosto no Algarve

A Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) partilha em nota de imprensa os dados provisórios referentes à performance do Turismo do Algarve durante o mês de agosto de 2020. Relativamente a 2019, o mês de agosto de 2020 apresentou as seguintes variações nas unidades de alojamento do Algarve:

– A taxa de ocupação global média/quarto foi 60,5%, 35,0% abaixo do valor registado em 2019;

– O mercado britânico foi o que mais contribuiu para a descida verificada (-18,4pp), seguido pelo irlandês (‑4,2%), francês (-2,8pp) e pelo alemão (-2,6%);

– O mercado nacional foi o único a subir, (+6,4pp), tendo representado 67,7% do total das dormidas;

– O volume de vendas apresentou uma descida face ao mesmo mês do ano anterior de 36,5%;

– Em valores acumulados, a ocupação cama regista uma descida média de -58,1% desde janeiro e o volume de vendas uma descida de -56,8%.

De notar que os resultados do mês de agosto foram influenciados:

– Pelo aumento da procura do mercado britânico de 3,5pp face ao mês de julho, no seguimento da abertura do corredor aéreo em 20 de agosto entre o Reino Unido e o Algarve;

– Pelo aumento da procura por parte do mercado interno face ao período homólogo, uma vez que os nacionais concentraram a procura neste mês atendendo à existência de mais oferta disponível e a preços mais acessíveis, em prejuízo da procura nos meses de julho e setembro.