Volta Nacional: “ANA garante que fecho da pista em Lisboa está a avançar”

Volta Nacional: “ANA garante que fecho da pista em Lisboa está a avançar”

Jornal i

“Grupo francês investe na Comporta”
O grupo francês Terrésens vai investir mais de 30 milhões de euros no projeto La Réserve, na vila da Comporta. Os projetos encontram-se em fase de construção, com conclusão prevista para os apartamentos no verão de 2021, townhouses na primeira fase do verão de 2022 e villas no quarto trimestre de 2022.

“Algarve rendido ao alojamento local”
O Algarve já está rendido à oferta do alojamento local, não ficando alheio à tendência que se verifica no resto do país. Só nesta região existem 32.405 unidades registadas neste segmento, com Albufeira a ocupar o primeiro lugar da lista.

Público

“Alojamento local vai gerar este ano impacto económico de 432 milhões”
Segundo um estudo elaborado pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias para a HomeAway, o alojamento local em Portugal deverá gerar este ano um impacto económico de 432 milhões de euros.

Jornal de Notícias

“Palacete sem uso há 30 anos vai ser um hotel”
O Palácio dos Condes, em S. João da Madeira, desocupado há cerca de 30 anos, vai ser transformado num hotel. O concurso, no âmbito do Revive, já foi lançado.

Correio da Manhã

“Porto do Funchal: 244 cruzeiros”
O Porto do Funchal recebeu, de janeiro a novembro, 244 escalas de navios de cruzeiro, que transportam quase meio milhão de passageiros.

“Miguel Frasquilho: TAP de olho na China”
O presidente do Conselho de Administração da TAP diz ter a convicção de que a companhia de bandeira deverá voar para a China “naturalmente a médio prazo”. “Sei bem o dinamismo que a Ásia tem”, afirma o gestor.

Negócios

“ANA garante que fecho da pista em Lisboa está a avançar”
A ANA – Aeroportos de Portugal garante que desde que obteve autorização preliminar do secretário de Estado Adjunto e das Comunicações para o fecho da pista secundária (17/35) do aeroporto Humberto Delgado não ficou parada e “lançou todos os estudos técnicos relacionados com as obras da primeira fase” – incluindo “curbsides” (acessos de partidas e chegadas) e expansão dos terminais 1 e 2 – “com um calendário de realização previsto e comunicado” a Alberto Souto de Miranda.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.