Volta Nacional: “Hotelaria dá novo recorde ao imobiliário”

Volta Nacional: “Hotelaria dá novo recorde ao imobiliário”

Jornal de Negócios

“Hotelaria dá novo recorde ao imobiliário”

Mais um ano, mais um recorde no imobiliário. Depois dos valores históricos alcançados em 2018, o setor voltou a crescer no ano passado, sobretudo graças aos negócios concretizados na hotelaria, ainda que os segmentos dos escritórios e de retalho continuem a ser os de maior peso. E há novos segmentos a ganhar força, com destaque para as residências de estudantes. (…) Foi a hotelaria que valeu um novo recorde ao setor. “O que mais se destacou em 2019 foi o elevado investimento no setor turístico, nomeadamente em hotéis, com aproximadamente 800 milhões de euros, mais do que duplicando o valor do ano anterior”, refere Cristina Arouca, diretora de pesquisa da CBRE. (…) Foi uma transação no setor da hotelaria que alcançou o maior valor: a venda dos três hotéis Tivoli em Lisboa. Foi o fundo norte-americano Invesco que protagonizou a operação, ao desembolsar 313 milhões de euros pelo portefólio hoteleiro, até então detido pelos tailandeses da Minor.

Jornal Económico

“Embraer em Évora muda de mãos”

A partir de abril próximo, quando deverão estar concluídos todos os procedimentos administrativos e legais relativos à constituição da parceria entre a Boeing e a Embraer, anunciada há cerca de um ano e meio, a Boeing passará a gerir as duas unidades industriais antes controladas pelo grupo brasileiro em Évora. (…) Em Évora, a Embraer gere duas fábricas – a Embraer Metálicas e a Embraer Compósitos – para fabrico e assemblagem de componentes de aeronaves, além de um centro de engenharia e tecnologia para o setor náutico. No final de 2018, este pólo industrial e tecnológico da Embraer em Évora já empregava cerca de 450 pessoas. (…) Para já, apesar das dificuldades por que passa o gigante nascido em Seattle e com sede atual em Chicago, não se prevê qualquer corte na força laboral destas unidades. Antes pelo contrário.

Vida Económica

“Rock in Rio nomeado para Melhor Festival do Mundo”

O Rock in Rio foi nomeado para o prémio de “Melhor Festival do Mundo” nos NME Awards, um dos prémios mais antigos e relevantes da indústria da música, atribuído pela revista britânica New Musical Express. Além do Rock in Rio, estão nomeados nesta categoria outros festivais internacionais de grande dimensão como Coachella, Fuji Rock e Glastonbury, entre outros.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.